Cala-boca já morreu participa da formação StoryA em Digital Storytelling

O projeto Story Abroad tem por objetivo utilizar a metodologia Digital Storytelling como forma de aprendizagem e como forma de combate ao desemprego juvenil.

O Museu da Pessoa integra este projeto (assim como outras 8 instituições internacionais) e, por esse motivo, de 16 a 19 de julho de 2015 ofereceu um curso a jovens de todo o Brasil que passaram por alguma experiência no exterior, para que eles contassem e registrassem sua história.

Sofia, que em 2011 foi à Indonésia participar da Conferência TUNZA, pelo Cala-boca já morreu, fez parte desta formação, que ocorreu no Centro de Pesquisa e Formação do SESC em forma de 3 "círculos".

No primeiro círculo, as histórias foram compartilhadas com o grupo e algumas sugestões foram feitas para que a narração ficasse boa de ouvir. No segundo círculo, cada um escreveu o roteiro de sua história, que mais tarde seria gravada em vídeo. Por fim, no terceiro círculo, os vídeos já finalizados foram assistidos por todos. O processo de gravação e edição foi feito pelos próprios autores, que tiveram a liberdade de montar o vídeo da maneira que quisessem.

Mariana Kz, que como Sofia participa do projeto Cala-boca já morreu, mediou a formação junto com Carol Misorelli, que trabalha no Museu da Pessoa.

O vídeo da Sofia você confere abaixo!







Nenhum comentário:

Postar um comentário