Educomunicação e Saúde

Juntar pessoas num mesmo grupo, propor a elas a tarefa de criarem um programa de rádio sobre temas de seu interesse e  ouvir com elas o que gravaram, seguramente, é uma das formas mais eficientes de promover o "esvaziamento de potinhos cheios de coisas entaladas na garganta" e, consequentemente, de saber mais sobre os outros com quem se convive num mesmo espaço...

O resultado do trabalho, calcado nas necessidades de deslocamento de papeis, vivência de relações marcadas pela horizontalidade, de um fazer criativo e autoral, se traduz em alegria e, consequentemente, saúde para todos.

O Projeto Cala-boca já morreu teve a satisfação de realizar no dia 7 de fevereiro/2014, uma oficina de produção coletiva de rádio, na perspectiva da Educomunicação, com dois grupos do Programa Equilíbrio, desenvolvido pelo Departamento e Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, no Centro Esportivo Raul Tabajara (CERT), conhecido como Clube Escola Barra Funda.

Milena Klinque, Mariana Manfredi e César de Lucca foram responsáveis pelo trabalho com adolescentes do Programa e Grácia Lopes Lima, assumiu o grupo formado pela equipe técnica do HC, educadores dos abrigos de onde vêm os jovens e familiares.




Nenhum comentário:

Postar um comentário