Treinamento de Memória - 26/04/2013

Sexta-feira, dia 26 de abril de 2013, ocorreu na casa Cala-boca já morreu mais um encontro do grupo de Treinamento de Memória. Pela primeira vez tive contato com conceitos e práticas que trabalham a memória semântica- aquela responsável pelas lembrar de  longo prazo e aprendizados que resgatam a nossa vivência.

Para entender este conceito, fizemos alguns exercícios cujo o objetivo era a decifração de alguns nomes, exemplo: Aitpracaí - Patricía ou Bleasl- Isabel.

Neste caso específico, necessitamos de dicas para a realização deste trabalho. Quando não lembramos de algumas palavras, recebemos pistas para chegarmos ao resultado que queremos. Nossos  processos mentais não trabalham com habilidades tecnicas,  por isso não precisamos saber os nomes especificos dos conceitos de memórização para lembramos de algumas coisas.

“Eu procuro situações, locais para ver se encontro algumas palavras que se encaixem nos exercícios. Além disso, procuro fugir dos meios técnicos do qual sempre fiz parte”- disse o Romeu, professor de física, integrante do grupo.

“Nosso cérebro já tem gravado algumas palavras e é só trabalharmos bem ele para lembrarmos delas” explicou Maria Lúcia, doutora em gerontólogia e responsável pelo trabalho.

Nosso próximo encontro será dia  03 de maio.

Esse é o Romeu


Texto de Jefferson Santana


Programa de rádio do Grupo de estudos e práticas em Educomunicação


20 de abril/2013 foi mais um dia de "mão na massa" para os interessados em entender os conceitos de Educomunicação que pautam os 18 anos de trabalho do Instituto GENS de Educação e Cultura e do Projeto Cala-boca já morreu nesta área.

Desta vez, o encontro aconteceu na sala do Trecho 2.8 - criação e pesquisa em fotografia, uma das ações do Cala-boca já morreu, parceiro do Lab_Arte da Faculdade de Educação da USP e da Faculdade Sumaré. Laura Juliani Mollo, Guilherme Kamalakian Maffei Diegues, Ludmila Dias de Paula Lemos, Natália Gomes Ferreira, Géssica Torres Rozante, Sheyla Maria Alves de Melo, Maria Lúcia Costa Freitas, Mariana Manfredi e Camila Doretto entrevistaram, durante 40 minutos, Maíra Moraes Santos sobre escolas modernas em São Paulo. 

Para muitos deles, essa foi a 1ª vez que realizaram um programa de rádio, inteiramente produzido e apresentado de forma coletiva. Mas, nada disso impediu a participação de todos, ou diminuiu a qualidade do programa. Ao contrário, ao final, ficou evidente que produzir comunicação é um direito de todos, independente de sua formação. 

Se você é ou está em vias de se formar como professor e quiser fazer parte desse grupo, conheça nossos objetivos e o percurso que já fizemos, acessando nosso diário. Em seguida, mande uma mensagem para gracia@cala-bocajamorreu.org, contando sobre seu interesse em estudar educomunicação.

No próximo dia 4 de maio é dia de teoria. Vamos nos dedicar à leitura dAS Aventuras de Nono

Sarau "Memórias do nordeste" no Trecho 2.8


No dia 19 de abril/2013, das 19:30 às 21 horas, aconteceu mais um sarau na sala do Trecho 2.8 - criação e pesquisa em fotografia, uma das ações do Projeto Cala-boca já morreu.

Sob coordenação de Tula Pilar, uma das participantes do Trecho, o sarau contou com a participação de Cícera Alves (canto e percussão), Andrezão (percussão), Marcos Palhano (cobertura fotográfica), Pedro Monteiro (cordelista), Zá (performance), Vlad Vitorelli (cenário), Cláudia Canto (divulgação).

A realização do Sarau conta com o apoio de Yasmin Moura, estagiária do METUIA - laboratório da Faculdade de Terapia Ocupacional da USP.

Dia 17 de maio tem mais. Participe e divulgue para seus amigos

Cala-boca já morreu na IV Conferência Nacional Infanto Juvenil pelo Meio Ambiente



A convite do MEC - Ministério da Educação, o Projeto Cala-boca já morreu teve a alegria de participar da reunião de planejamento metodológico da IV Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente, que reunirá, em novembro deste ano, 700 delegados de 11 a 14 anos, representantes de todos os estados brasileiros.

O encontro aconteceu em Brasília, de 16 a 19 de abril, quando eu, Isis Lima Soares, Mariana Kz, Mariana Manfredi, apresentamos propostas de formação em Educomunicação.


Faça parte da página da CNJMMA no facebook: https://www.facebook.com/pages/Cnijma/460720563998771

Divulgue para professores e alunos de todas as escolas de ensino fundamental. 

Grácia Lopes Lima

Treinamento de Memória - 12/04/2013




Na sexta-feira, dia 12 de abril de 2013, ocorreu mais um agradável encontro com o grupo de treinamento de memória, na Casa Cala-Boca já morreu. Quase todos os participantes envolvidos no projeto estavam presentes.

Neste último encontro, tivemos como proposta de trabalho elaborar novos conceitos de palavras, partindo das iniciais ou terminações de algumas delas. Na tentativa de rememorar algumas destas palavras, tivemos como princípio analisar o funcionamento dos nossos processos mentais, buscando encontrar modos diferentes de pensar e agir na construção linguística.

"Tais exercícios nos esclarece sobre o funcionamento do cérebro". Assim identificou Maria Lúcia  gerontóloga, responsável pelo projeto. Yeda, integrante do grupo, nos contou sobre o funcionamento de seus processos mentais a partir do momento em que tentou identificar no tempo seu primero contato com determinada palavra. Segundo ela, sua rememoração só foi possível porque tinha um significado real na lembrança: "ouvi pela primeira vez essa palavra nos tempos em que morava lá em Recife".

Assim, terminamos mais um dia de encontro, conversando sobre as nossas impressões do funcionamento da mente e do cérebro. Espero que tenha gostado. Até a próxima!

Entenda mais deste trabalho vendo a entrevista da Glaydes participante do grupo:

 




Jefferson Santana